Como escolher um brinquedo (cada um tem um objetivo de desenvolver a inteligência da criança)

Para as crianças, os brinquedos não são apenas uma forma de divertimento, mas sim elementos essenciais para o aprendizado.

Desse modo, além de serem importantes na vida dos pequenos, tornando-se especiais para eles sendo lembrados até a vida adulta, os brinquedos ainda irão auxiliar no desenvolvimento nesta etapa infantil.

A linguagem, a coordenação motora, a função cognitiva e as interações sociais podem ser todas bem trabalhadas por meio dos brinquedos certos para cada idade.

Mas como é possível fazer essa escolha certa de brinquedos para as crianças com tantas opções no mercado?

Cada criança, a depender da idade em que se encontra, está em uma fase do desenvolvimento infantil e é por meio desse fator que você irá encontrar o brinquedo certo para ela.

É muito comum ver pais (além de familiares e amigos da família) comprando brinquedos de presentes para crianças pequenas que não possuem a menor lógica, até porque elas podem não estar na fase ideal para aquele tipo de objeto.

Desse modo, enquanto as crianças até dois anos estão mais propensas ao impulso, aquelas dos dois aos quatro anos já estão mais propensas a organizar os pensamentos adequadamente.

Sendo assim, é importante comprar um brinquedo sempre com um olhar de que aquele objeto em questão é mais do que um passatempo ou um divertimento para a criança, mas que vai auxiliar a desenvolver a inteligência dela naquela idade.

Este artigo tem justamente o intuito de dispor melhor dessa visão para os pais: é necessário comprar um brinquedo que vá auxiliar, efetivamente, o seu filho no desenvolvimento dele.

Dito isto, acompanhe agora este texto que vai ensinar você a como escolher um brinquedo de acordo com a idade e a inteligência a ser desenvolvida na criança.

Escolhendo um brinquedo para uma criança: aprenda como

Crianças de 0 a 2 anos

Dentro desse primeiro período da infância, dos 0 aos 2 anos, é possível dividi-la em pequenas fases em que cada uma delas irá ter um tipo de brinquedo específico para desenvolver a inteligência.

Nos primeiros dois anos, a criança está começando a acostumar-se com o mundo, iniciando a expressar-se, aos poucos, de forma oral e interagindo com as pessoas ao seu redor.

Dentro desse período que é tão vasto, é necessário incluir brinquedos que estimulem as crianças quanto a essa interação com o mundo ao seu redor e já estimulando-as com o aprendizado de algumas palavras associadas às imagens.

Nessa fase, o mais importante é a compra de brinquedos que sejam grandes (porque se evita que elas engulam e tragam risco à vida), que sejam leves mas façam barulhos (despertando a atenção da criança) e que tenham muitas cores.

Como dito, este período pode ser dividido em fases menores e é isso que você verá agora para saber como escolher um brinquedo para cada idade.

Os brinquedos para crianças dos 6 meses a 1 ano

Nessa fase, é muito importante comprar brinquedos que auxiliem a estimular o lado sensório-motor da criança, além também de alguns sentidos, como a visão e a audição.

Basta observar quais são os brinquedos que esses bebês mais gostam, como aqueles que fazem barulho ao serem utilizados (como chocalhos) ou os que sejam muito coloridos (que começam a chamar a atenção deles).

Se o brinquedo tiver muitas cores e emitir ruídos, aí sim é que eles irão ficar mais interessados por esses objetos para brincar e aprender mais com os seus sentidos que estão começando a ser desenvolvidos.

Optar por esse tipo de brinquedo, nessa faixa etária, é essencial para o início do desenvolvimento cognitivo e motor da criança.

Entre aquelas opções para escolher um brinquedo para crianças de 6 meses a 1 anos estão:

  • Chocalhos e guizos (fazem bastante barulho ao serem movidos e auxiliam no desenvolvimento da audição da criança)
  • Brinquedos de borracha (ideal para o desenvolvimento da motricidade fina nessa idade, mas devem não ser tóxicos, pois eles costumam levá-los à boca)
  • Brinquedos que apresentem cores fortes (como cubos e outras formas para empilhar, que auxiliam também no desenvolvimento do tato)
  • Bonecas de pano e bichos de pelúcia (coloridos, de preferência)
  • Livros pequenos de pano

Os brinquedos para crianças de 1 ano de idade

Ainda na fase sensória-motora, é importante ir adquirindo brinquedos mais avançados à medida que a criancinha começa a desenvolver mais seus sentidos e a sua coordenação motora.

Nessa idade, as crianças já começam a dar seus primeiros passos, enquanto algumas com um ano já são capazes de se movimentar em pé apoiando-se, outras irão conseguir com um ano e meio (cada criança tem o seu tempo).

Desse modo, é importante escolher um brinquedo que auxilie ela a estimular mais sua parte motora, como aqueles carrinhos de empurrar ou de puxar que elas possam brincar andando ou mesmo engatinhando.

É interessante também continuar estimulando os sentidos com brinquedos que imitem objetos utilizados pelos adultos e que façam barulhos, bem como também a parte da motricidade fina.

Dito tudo isso, os principais brinquedos para escolher nesta idade são:

  • Carrinhos para puxar ou empurrar
  • Bonecos e bonecas
  • Brinquedos que façam sons/barulhos e que sejam imitações daqueles objetos dos adultos, como relógios ou telefones (isso é importante também para eles irem habituando-se a novas informações)
  • Brinquedos para apertar, os mesmos de borrachas utilizados na faixa etária anterior
  • Livros coloridos, para que eles habituem-se às cores e comecem a fazer a distinção de objetos e nomes (com o auxílio dos pais)

Os brinquedos para crianças de 2 anos

Essa é a última idade da primeira fase do desenvolvimento infantil (de 0 a 2 anos de idade), quando a criança ainda está desenvolvendo sua inteligência sensório-motora.

Nesta idade, elas já estão com uma coordenação motora melhor, o que permite que os brinquedos a serem comprados foquem nas habilidades delas com as mãos, por exemplo.

É o caso dos instrumentos musicais de brinquedos, que fazem sons e ainda permitem que elas utilizem suas mãozinhas para brincarem e desenvolverem ainda mais as habilidades motoras.

Essa questão da coordenação com as mãos também serve para que sejam comprados outros objetos que as auxiliem a ter uma melhor utilização desses membros, como os livros para colorir e os lápis de cor.

Nesta fase, é importante lembrar que a coordenação óculo manual (entre as mãos e os olhos) está sendo desenvolvida e será crucial que elas possam aprender a desenvolver ações futuras.

Como elas também estão começando mais na aprendizagem da fala e de reconhecer algumas palavras e imagens, os livrinhos com contos infantis e que tenham figuras são adequados para a idade.

Assim, ao escolher um brinquedo para crianças de 2 anos, as opções recomendadas são:

  • Instrumentos musicais (pianinhos, violões, flautinhas, pandeirinhos)
  • Livros que contenham imagens e contos infantis, para leitura pelos pais e aprendizagem das palavras e figuras
  • Livros para colorir e lápis de cor (ou giz de cera), para desenvolver a habilidade motora da pintura
  • Brinquedos que sejam imitações da realidade, como aqueles referentes aos animais (cavalinhos, cachorrinhos), casinhas de boneca

Crianças de 3 a 4 anos

Os brinquedos para crianças de 3 a 4 anos

Nesta faixa etária, as crianças já vão desenvolvendo mais as habilidades e passam a andar com mais destreza, andam em brinquedos como triciclos e já possuem uma maior inteligência sensorial.

A faixa de 3 a 4 anos já está inclusa na 2ª fase da inteligência ou da infância, que seria a pré-operatória, então esqueça aquela história dessas crianças colocarem brinquedos na boca, pois isso ficou para traz na fase anterior.

Elas possuem uma maior habilidade para desenhar e colorir, além também de terem mais atenção a brinquedos de montar, desmontar, empilhar e construir.

Enquanto alguns podem interessar-se por carrinhos, caminhões e jogos de construções, outras vão se interessar por brinquedos relativos a casa de bonecas, com todos os objetos presentes dentro dela.

O ideal é que também se estimule que a crianças continuem a ter interesse pela literatura, mantendo os livros didáticos por perto, já com histórias mais avançadas do que simples objetos com figurinhas.

Desta forma, se você irá escolher um brinquedo para uma criança nessa faixa etária, as opções podem ser:

  • Carros e caminhões
  • Casinhas de bonecas
  • Brinquedos de construções
  • Blocos para montar e desmontar
  • Quadros e livros para pintura e escrita
  • Livros didáticos com histórias infantis

Crianças de 5 a 6 anos

Os brinquedos para crianças de 5 a 6 anos

Nesta fase, as crianças já estão desenvolvendo habilidades como a imaginação, a memória e a leitura, e os brinquedos a serem escolhidos para elas devem ter o objetivo de estimular esse tipo de inteligência.

Assim, os jogos com regras são muito adequados para essa fase, visto que as crianças já os compreendem (desse que haja o auxílio de um adulto) e é possível desenvolver outras habilidades importantes, como o raciocínio lógico.

As emoções e os sentimentos também podem ser trabalhados com esse tipo de brinquedo, principalmente com jogos em que há ganhadores e perdedores, sendo essas características essenciais para desenvolver a inteligência emocional.

Pode-se optar também por brinquedos que foquem em deixar a criança ao ar livre, como bolas, triciclos e outros que promovam a socialização (os jogos também são importantes nesse quesito).

Assim, ao escolher um brinquedo para crianças de 5 a 6 anos, algumas opções são:

  • Quebra-cabeça
  • Jogo da memória
  • Jogos de tabuleiro
  • Jogos didáticos
  • Veículos com rodas (bicicletas com rodinhas ou triciclos)
  • Bolas
  • Jogos que contenham dinheiro de brinquedo ou caixa registradora (servem tanto para ensinar valores as crianças como para o ensino de cálculos matemáticos)

Crianças acima de 6 anos

Os brinquedos para crianças acima de 6 anos

Quando as crianças passam dos 6 anos até o final da infância (que ocorre por volta dos 10 anos, antes de elas entrarem na fase de pré-adolescência), os brinquedos a serem escolhidos apresentam muitas semelhanças.

As crianças estão na fase operatória (que costuma ir de 7 aos 12 anos, já englobando os pré-adolescentes), em que são realizadas operações com tudo o que foi aprendido nas fases anteriores.

É por meio das habilidades que foram sendo desenvolvidas que elas conseguirão ler, escrever, tocar instrumentos, fazer cálculos e muito mais, e os brinquedos dessa fase devem estar de acordo com esse momento.

Além disso, esses brinquedos também podem servir para auxiliá-las a desenvolverem o lado social com outras pessoas, inclusive com outras crianças com quem possam brincar juntas.

É muito comum que os pais acabem por comprar para seus filhos, nesta idade, jogos eletrônicos e os videogames, além de smartphones e tablets que os deixem mais compenetrados e “quietos”.

Entretanto, essa não é, com toda a certeza, uma opção correta de brinquedo para dar a essas crianças que estão em fase operatória.

Ao escolher um brinquedo para elas, algumas das opções mais indicadas são:

  • Jogos de tabuleiro
  • Bolinhas de gude
  • Jogos de botões (futebol de botão)
  • Jogos de cartas
  • Pingue pongue
  • Instrumentos musicais
  • Estojos para pinturas ou construções de cerâmicas
  • Livros com conteúdos mais avançados e que sejam temas recorrentes na vida delas, já que as crianças são alfabetizadas nessa faixa etária

Assim, como visto, é importante também nessa fase começar a despertar a possibilidade do lado artístico das crianças, por isso a indicação de brinquedos e objetos que estimulem o amor pela música, pela pintura e pela leitura.

Conclusão

Como você viu, as crianças passam por várias fases ao longo da infância, que podem englobar uma só idade ou uma faixa etária inteira (como a de 6 anos para cima).

Dentro de cada fase em que as crianças se encaixam, elas estão desenvolvendo novas habilidades dentro de um contexto de inteligência infantil.

Enquanto até os dois anos as crianças ainda estão na fase sensório-motora, desenvolvendo os sentidos e a coordenação, após os 6 anos elas já entram na fase operatória, desenvolvendo ações como leitura, escrita e cálculos.

Neste texto, você pôde ver quais são os brinquedos ideais para cada fase da criança, de modo a auxiliar a desenvolver a inteligência delas de modo correto.

Assim, com esta leitura torna-se possível para os pais entenderem como escolher um brinquedo levando-se em consideração todos os fatores que foram explicados aqui.

Gostou do artigo de hoje sobre como escolher um brinquedo?

Se você ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, escreva-a abaixo nos comentários para que eu possa ajudá-lo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: